Principais Notícias

SESCAP-PR promove curso sobre eSocial em Maringá

Publicado em 19/03/2018

A partir de 1º de julho todas as empresas estarão obrigadas a utilizar o eSocial para registrar informações de empregados e de eventos como férias e horas extras. Para atualizar os profissionais sobre o tema, o SESCAP-PR promoveu nesta quinta-feira, dia 15, o curso “eSocial: Aspectos relevantes para 2018”. O treinamento, ministrado pela advogada e consultora tributária, Joyce Batista Neto Scoto, aconteceu no auditório do CRCPR, em Maringá. 
Segundo Joyce, os gestores, principalmente das empresas do Simples Nacional, estão preocupados com o grau de exigência do sistema. “As empresas estão tentando se preparar, mas o eSocial traz empecilhos em alguns itens,  por exemplo a qualificação cadastral”, afirmou.  

A instrutora explicou que é comum que existam divergências nas informações que a empresa possui e base de dados do governo. “Pode ser, por exemplo, um CPF bloqueado pela Receita que o empregado tem dificuldade para ajustar. E sem essa informação a empresa não consegue enviar a qualificação cadastral para o eSocial”, disse. 

Joyce destacou ainda que a maioria das empresas está deixando a preparação para última hora, e isso pode trazer uma série de transtornos. “Como houve várias prorrogações o contribuinte acabou adiando a preparação. E o eSocial é um arquivo complexo com diversas informações. Tem empresa que vai ter que virar a madrugada para ajustar essas informações e enviar”, acredita.  

A colaboradora do Colégio Santa Cruz, Vanessa Real Prado, afirmou que está preocupada com a complexidade do eSocial, mas acredita que o treinamento ajudou na sua preparação. “Ainda estou me familiarizando com o sistema, mas o curso foi bem esclarecedor. Acredito que até julho vai estar tudo ok”, afirmou. 

Para o contador Wesley de Oliveira, o eSocial é mais um desafio que os profissionais da Contabilidade precisam superar. “Nós temos essa necessidade de estar sempre se aprimorando. O eSocial é uma nova realidade e temos que estar preparados para se adaptar as mudanças”, destacou. (Por Sodré Júnior)

s
  • Siga o SESCAP-PR
  Destaques