A partir de 2018 entra em vigor uma série de alterações no Simples Nacional. Novos limites de faturamento e novas tabelas progressivas são algumas das novidades. Com o objetivo de preparar os profissionais para as mudanças, o SESCAP-PR realizou nesta semana o curso “Simples Nacional - Novas regras para 2018”. A capacitação ocorreu em Umuarama e Campo Mourão, no dia 17, e em Maringá e Arapongas, no dia 18.

Segundo o instrutor do treinamento, Gabriel Villena, as novidades vão exigir que algumas rotinas dos escritórios contábeis sejam adaptadas. Um exemplo é a retenção do ISS. “O empresário que costumava passar as notas fiscais para o contador no meio do mês não poderá mais fazer isso. Essas informações serão necessárias para o cálculo das alíquotas efetivas para retenção do ISS”, explicou.

Outra mudança importante é no destaque do crédito do ICMS. Hoje, para fazer o destaque do ICMS a empresa do Simples Nacional tem uma tabela fixa com as alíquotas. A partir do próximo ano para encontrar essa alíquota efetiva o profissional contábil vai precisar fazer alguns cálculos. “Isso vai demandar que o contador receba todos os arquivos de XML no começo do mês, e as empresas contábeis precisam orientar os empresários para que isso aconteça”, reforçou Villena.

 Para facilitar a compreensão das mudanças no regime o instrutor apresentou uma tabela comparativa entre como é o Simples Nacional hoje e como ele vai ficar no próximo ano. “Procurei apontar o que melhorou e o que ficou mais desvantajoso”, disse.

Capacitação

Segundo o empresário contábil Fernando Braz, as mudanças na legislação do Simples vão exigir capacitação dos profissionais da Contabilidade. “Para nós vai ser um pouco mais complicado para orientar o cliente. Mas para ele vai ser mais vantajoso principalmente na questão tributária, pois vai ser uma cobrança mais justa”, afirmou.

 O analista fiscal Douglas Borge Costa já está se preparando há algum tempo, mas procurou o curso para aprimorar os seus conhecimentos e tirar dúvidas. “Estou estudando a legislação e trocando informações com os colegas. Mas o curso me ajudou a compreender melhor alguns assuntos e também solucionou as minhas dúvidas”, relatou. (Sodré Júnior)