Representantes contábeis se reunirão com vereadores antes da votação prevista para o início de março

 O anteprojeto de Lei Complementar nº 09 de 2018, que trata do recolhimento do Imposto Sobre Serviço (ISS) fixo e que seria votado na Câmara de Vereadores de Cascavel nesta segunda-feira, 11, foi retirado da pauta e tem previsão de votação no início de março. Antes disso, representantes do SESCAP-PR e de outras entidades contábeis se reunirão com os vereadores locais para esclarecer as principais dúvidas sobre o tema.   

As discussões acerca do anteprojeto se arrastam há meses e são acompanhadas de perto por uma comissão de trabalho formada por representantes de entidades contábeis. O vice-presidente do SESCAP-PR, Michel Lopes, e o diretor regional Diego Paim fazem parte do grupo que negocia com o Executivo municipal em busca de mudanças na cobrança do ISS na modalidade fixa para as sociedades profissionais, previstas no Decreto nº 14.009/2018.  “Em virtude dos questionamentos e dúvidas que ainda existem para os vereadores locais, sugerimos que retirassem o projeto da pauta para que possamos aprofundar as discussões a respeito do assunto”, explicou Lopes. A reunião foi agendada para o próximo dia 19 de fevereiro.

Participação

Reuniram-se com o vereador Sidnei Mazutti, o presidente do Sindicato dos Contabilistas de Cascavel (Sincovel), Jeferson Bonfim; o vice-presidente do SESCAP-PR, Michel Lopes; o ex-presidente do Sincovel, Juarez Paim; o diretor regional do SESCAP-PR, Diego Paim Bottcher; o diretor financeiro do Instituto Décio Mertz (IDM),  Admilton Stein; além do delegado do Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRCPR), Jovane dos Santos Borges. 

Leia mais:

Comissão analisa proposta de mudança do ISS Fixo em Cascavel

Cascavel vai alterar forma de cobrança do ISS

Comissão analisa proposta que altera cobrança do ISS Fixo em Cascavel

 Leia também:

SESCAP-PR comemora garantia do ISSQN Fixo em Foz do Iguaçu