O Índice de Confiança de Serviços (ICS) subiu 3,6 pontos de dezembro para janeiro e atingiu para 98,2 pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), esse é o maior nível do indicador desde março de 2014 (98,7 pontos).

O crescimento atingiu empresários de 11 das 13 principais atividades de serviços pesquisadas pela FGV em janeiro. A maior contribuição para alta foi dada pelo Índice de Expectativas, que mede a confiança em relação ao futuro e que cresceu 6,2 pontos, para 107,1 pontos – maior nível desde de abril de 2012 (108,4 pontos).

O Índice da Situação Atual, que mede a confiança no presente, subiu 0,8 ponto em janeiro, para 89,3 pontos, retornando ao nível de setembro de 2014 (89,3 pontos).

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada do setor de serviços avançou 0,2 ponto percentual, para 82,1%.

Fonte: Agência Brasil