Com o início do período da entrega da declaração do Imposto de Renda para Pessoas Físicas, o SESCAP-PR através de sua Regional Toledo organizou nesta terça-feira (10) um curso para Casos Específicos e Orientação Tributária num nível avançado aos profissionais contábeis. De uma maneira bastante prática, o especialista Rômulo Albuquerque Silva abordou os vários aspectos sobre a contribuição.

Em geral Rômulo lembra que as novidades implantadas pela Receita Federal em seu site causaram alguns contratempos no início do prazo da entrega, que vai até 30 de abril.

Ele lembra ainda que o profissional contábil também é surpreendido com muitas operações reveladas apenas agora, “algo que deveria ter sido notificado antes mesmo de acontecer”, disse ele, citando uma eventual venda de imóvel ou a compra de um carro. Segundo Rômulo, operações como essas, caso tivessem sido avisadas a tempo, permitiria ao contador fazer uma programação diferente e evitar a cobrança excessiva do imposto. “Não é sonegar. É planejar as operações para que o contribuinte tenha benefícios”.

O especialista comentou ainda que o contribuinte e o próprio profissional contábil devem estar atentos às “armadilhas” sempre presentes na declaração por se tratar de algo bastante complexo e envolver diversas situações.

Rômulo lembra também que a maior novidade para 2015 é a necessidade de declarar o CPF do dependente acima de 16 anos. Até o ano passado esta obrigação era apenas para maiores de 18 anos. “O restante é atualização do que já se conhece, mas importante porque durante o ano são muitas outras obrigações e é necessário sempre reprisar, detalhar e até aprender algo de novo”, finaliza.