A Fomento Paraná promove nesta segunda-feira (4) o 1º Congresso de Agentes de Crédito. O evento, realizado nas instalações da Faculdade de Educação Superior do Paraná (Fesp), em Curitiba, reúne mais de 300 agentes de crédito ativos no Estado.

 Eles são funcionários e colaboradores de prefeituras municipais e secretarias de estado, por meio das agências do trabalhador e dos Centros de Referência da Ação Social (Cras), de federações e associações comerciais, de cooperativas de crédito, de sociedades de garantia de crédito, de sindicatos patronais e outras entidades representativas da sociedade civil. Representanto o SESCAP-PR, participaram os colaboradores Roberto Cartaxo, Vanderlea Douvan, Paula Beulk  e Alan Oliveira.

 Ao longo do dia, o grupo participa de palestras motivacionais e para atualização de conhecimentos sobre os programas e linhas de crédito da Fomento Paraná e recebe informações sobre o cenário econômico do estado, sobre políticas públicas estaduais para micro e pequenas empresas, a importância das informações cadastrais dos candidatos aos financiamentos, entre outras atividades.

 O presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa, disse que o congresso busca fortalecer e integrar a rede de agentes, para troca de experiências e para que cada um possa conhecer a importância e a grandeza da atividade que exerce em seu município. “Somos uma grande rede que é muito importante para os 10 milhões de habitantes do Paraná, e que pode fazer a diferença. Nossa tarefa é levar dinheiro novo para circular na economia de cada município. Cada real que entra circula nas empresas do comércio, da área de serviços, nas indústrias e aquece a economia. E queremos chegar a todos os municípios”, afirmou.

 Além dos agentes de crédito ativos o congresso tem a participação de cerca de 130 pessoas que estão concluindo o curso de capacitação para atuar como agente de crédito. Com a nova turma, a Fomento Paraná passará a contar com mais de 560 agentes de crédito ativos espalhados por 322 municípios paranaenses.

 O Congresso conta com a participação das secretarias de Estado da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, da Família e Desenvolvimento Social, e do Trabalho, Emprego e Economia Solidária.

 O AGENTE DE CRÉDITO — Para ser agente, é necessário ser funcionário ou colaborador de prefeituras, associações comerciais, federações, sindicatos patronais e outras instituições que firmaram acordos de cooperação com a Fomento.

 Além de ter vínculo formal com a entidade parceira da Fomento Paraná, é preciso ter pelo menos 18 anos completos e ter concluído o ensino médio, preferencialmente em curso técnico, ou possuir formação acadêmica em nível superior nas áreas de Administração, Contabilidade ou Economia.

 O agente de crédito é uma peça fundamental na política de crédito, pois é o principal responsável por criar a ligação entre a instituição financeira e os empreendedores nos municípios. Além do levantamento inicial de informações e da documentação necessária para a análise da viabilidade de concessão do financiamento, ele cadastra e faz o acompanhamento das operações no sistema da Fomento Paraná e também acompanha o desenvolvimento dos empreendimentos.

 O objetivo da Fomento Paraná é ampliar o quadro de agentes por todo o Estado para atender empreendedores de todos os municípios oferecendo crédito de baixo custo e condições especiais de financiamento para estimular o aumento da base produtiva assegurando os empregos e a geração de renda, para melhorar a qualidade de vida da população.

Fonte: Fomento Paraná