Simples Nacional 2018

Objetivo

Atualizar os participantes sobre as novas regras do Simples Nacional que entram em vigor a partir de 2018, e sobre os cuidados para a realização do cálculo do Simples Nacional.

Público-Alvo

Contadores, advogados, analistas e assistentes fiscais, auditores, empresários, gestores e demais interessados na matéria.

Conteúdo

1) Comércio (Anexo I) – Novas regras a partir de 2018:
• Novas alíquotas;
• Novo método de cálculo;
• Novas regras para recolhimento de ICMS: Receita entre 3,6 e 4,8 milhões;
• Regras de recolhimentos de ISS e ICMS separadamente;
• Novas regras para aplicação da Redução/Isenção do ICMS no Paraná;
• Novas Rotinas do Escritório de Contabilidade para atividades de comércio.

2) Indústria – Anexo II
• Novas alíquotas;
• Novo método de cálculo;
• Novas regras para recolhimento de ICMS: Receita entre 3,6 e 4,8 milhões;
• Novas atividades de indústrias;
• Novas regras para aplicação da Redução/Isenção do ICMS no Paraná;
• Novas Rotinas do Escritório de Contabilidade para atividades de indústria.

3) Serviços - Anexos III, IV, V e VI
• Diferenças entre os anexos III, IV e V;
• Extinção do Anexo VI;
• Novas regras para recolhimento de ISS: Receita entre 3,6 e 4,8 milhões;
• Novas regras para recolhimento de ICMS-Transportadoras: Receita entre 3,6 e 4,8 milhões;
• Fator de empregabilidade
• Novas Regras para continuar aplicando o anexo III (determinadas atividades);
• Novas Regras para aplicação do Anexo V;
• Novas regras para “salão de beleza” e barbearias;
• Planejamento tributário Anexo III x Anexo V

4) Novas ferramentas de fiscalização
• Notificações prévias;
• Ausência de procedimentos de fiscalização in loco;

5) Novas regras para o MEI;

6) Novos procedimentos facilitadores de exportação e licitações;

7) Novos métodos de comparação com lucro presumido.

Saiba mais e inscreva-se

Selecione a cidade desejada ao lado para ver informações sobre datas, investimento e palestrante.