Evento voltado a profissionais contábeis e gestores de instituições filantrópicas também será levado para Cascavel, Guarapuava, Maringá e Pato Branco

            “O terceiro setor demanda um cuidado especial porque, na medida em que há omissão do governo no atendimento à população, a sociedade civil se organiza e criam instituições próprias para realizar esse atendimento, e o SESCAP-PR contribui ao possibilitar o conhecimento necessário para se fazer a gestão eficiente dessas entidades, com troca de experiência em sala de aula”. O relato é do empresário Moisés Bortolotto, que participou do seminário sobre terceiro setor, realizado pela entidade, em Curitiba, nos dias 13 e 14 de fevereiro.

     Em 12 horas, o treinamento abordou as especificações quanto à legislação, captação de recursos, aspectos contábeis, além da prestação de contas relacionadas a esse segmento. Leila Lúcia Arruda, instrutora do seminário, destacou a integração dos participantes sob diferentes ângulos.  “São muitas as especificações, peculiaridades e legislações que abarcam esse setor. Sobre a captação de recursos, surgiu aqui uma série de sugestões, o que contribuiu para que os outros agentes também possam implementá-las em suas instituições”, destacou.  “Tivemos boa integração de empresários contábeis, instituidores e também da iniciativa privada, proporcionando o enriquecimento a todos os níveis”, disse.

            Allan Lukas Jucovski, empresário e diretor do SESCAP-PR, também recomendou a capacitação. “É muito interessante, porque a maioria dos cursos que fazemos é sobre a iniciativa privada. O assunto é muito relevante. Tenho clientes da área e em um deles a prestação de contas é feita por uma associação do mantenedor. Os ensinamentos agregam bastante, pois você começa a fazer com conhecimento de causa.

          Para Bortolotto, o seminário foi de extrema importância para a ampliação dos conhecimentos na área e para potencializar o trabalho das entidades. “Essas instituições com fins filantrópicos precisam ter um apoio porque a legislação acerca do tema é bastante pesada, com obrigações bastante precisas, e porque as instituições de pequeno porte não têm como se estruturar com departamento jurídico, contábil, financeiro, de marketing. Eu mesmo tive a oportunidade de compartilhar exemplos que algumas  instituições não praticam. E é algo que está à disposição, nem sempre de fácil acesso, mas que é possível de ser obtido e que trará recursos para as entidades prosseguirem seus objetivos frente à sociedade”, descreveu. 

Bortolotto foi um dos três fundadores do SESCAP-PR, quando a então associação deu início aos trabalhos com sua sede ainda no escritório do ex-presidente da entidade, Antonio Zerbetto (in memoriam). “Foi lá que gestamos o início do SESCAP-PR, fui diretor e continuo próximo à entidade e hoje tenho contribuído com outras entidades sindicais. Sou o vice-presidente da CNPL (Confederação Nacional das Profissões Liberais), e trabalho defendendo a mesma bandeira”, contou. 

Sobre o Seminário

            O SESCAP-PR também promoverá este seminário nas cidades de Maringá, dias 9 e 10 de maio, em Cascavel nos dias 13 e 14 de junho, em Pato Branco nos dias 15 e 16 de julho e em Guarapuava nos dias 17 e 18 de julho. Confira os detalhes aqui.

            A capacitação garante pontuação específica no Programa de Educação Continuada do CFC/CRC, sendo 12 pontos para Auditor, 12 para Progp e 12 para Perito.

Condições diferenciadas

            O Seminário conta com o apoio do CRCPR e tem condição exclusiva de pagamento oferecida pelo SESCAP-PR. O valor da inscrição pode ser parcelado em até 10 vezes sem juros. Associados e representados têm valor especial para inscrições. O profissional também pode utilizar pontos do Programa Fidelidade Prime para pagar total ou parcialmente o curso. Confira os detalhes aqui.