O presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Paraná (SESCAP-PR), pato-branquense Mauro Kalinke, avalia como muito positiva a nova metodologia de emissão de Carteira de Trabalho, implantada pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Paraná. Mauro destaca que a desburocratização, embora seja uma palavra que saiu do dia a dia das pessoas, ainda é fundamental, sendo preciso avançar muito em nosso país neste aspecto.

Mauro Kalinke destaca que o novo sistema, além de ser mais seguro, foi modernizado. A partir do dia 6 de junho vai começar um período de testes e treinamento para os operadores do sistema, incluindo as prefeituras e os sindicatos. "A nova versão da carteira de trabalho estará interligada com a base de dados da Receita Federal, da Caixa Econômica Federal e dos Correios, com maior segurança nos processos", assegura.

Vai facilitar muito para empresários e trabalhadores, uma vez que todas as informações serão autenticadas automaticamente, agilizando os processos nos escritórios de contabilidade. A confecção da carteira vai continuar sendo de resposabilidade do Ministério do Trabalho. Para o contabilista, a nova versão do documento é um avanço significativo, principalmente por lançar a carteira na era digital com um sistema eletrônico interligando todas as instituições.

Fonte: Jornal de Beltrão